Recuperação Judicial de Empresa que está passando por Crise
Recuperação Judicial de Empresa que está passando por crise

Quando você decide estudar a possibilidade de entrar com um pedido de recuperação judicial, a primeira coisa que você precisa fazer é contratar um advogado que tenha experiência na área e que já tenha trabalhado com esse tipo de processo. A primeira orientação aqui é buscar especialização e referências, pois um advogado “clínico geral” dificilmente irá conseguir te dar todo o suporte necessário, na medida em que este processo é extremamente complexo e cheio de pormenores que, se não observados, podem trazer mais prejuízos do que você já possui.

Nossa Expertise

Nós, da Damha Filho Advogados, possuímos anos de experiência no trato com recuperação judicial, e podemos te garantir que um processo mais longo, mas detalhado e cuidadosamente elaborado, é a chave do sucesso para a recuperação financeira da sua empresa. E o trabalho deve começar muito antes de ingressar com a ação judicial: nossos profissionais são especialistas na realização de auditorias internas, para levantar um verdadeiro raio-x das contas da empresa e verificar todas as falhas de gestão que ocorreram para que ela chegasse ao ponto de ingressar com o pedido de recuperação judicial.

Por nossa experiência sabemos que, muitas vezes, o empresário sequer tem ideia do passivo que possui, e ignora como foi que chegou a tal ponto. Por isso, além da assessoria jurídica, também oferecemos assessoria econômica e de gestão, já que sabemos que uma recuperação bem sucedida vai além do mero cumprimento das etapas do processo, e se estende para os anos seguintes: o empresário nunca pode pedir uma nova recuperação judicial dentro do prazo de cinco anos contados da última vez. Portanto, esse procedimento deve ser muito bem conduzido, e deve contar, ainda, com o conhecimento das variáveis do mercado financeiro e econômico, já que muito da recuperação da empresa depende disso.

Como Solicitar a Recuperação judicial

Assim que se decida entrar com o processo, é muito importante que a petição inicial seja muito bem elaborada, para evitar que se passe muito tempo desde a entrada do pedido até que ele seja deferido. E isso pode acontecer por inúmeros motivos; falta de informações e de documentos é o principal deles. O tempo que se passa até que o juiz analise o seu pedido, verifique o que falta, peça para você complementar o processo, você faça isso e ele analise tudo novamente, pode ser crucial para que ou sua empresa não resista, ou para que você perca todo o trabalho de levantamento realizado anteriormente, pois novos contratos e novas dívidas já surgiram no meio do caminho. Deve ser, assim, um trabalho muito bem feito e totalmente sincronizado.

Mais uma questão importante e que não deve ser ignorada é o levantamento de todos os credores da empresa. Desde o maior deles até o menor, todos eles devem constar das planilhas e serem devidamente identificados, pois todos serão chamados para compor o processo e serão eles quem irão decidir se irão ou não aprovar seu plano de recuperação. Por isso, mais uma questão prévia que é extremamente importante é a reunião prévia com ao menos os seus credores mais expressivos, para que haja uma negociação prévia que garanta o sucesso da aprovação do seu plano. Se os credores decidirem rejeitá-lo, o processo se transformará em decretação de falência, e seus problemas só aumentarão.

Por fim, mas não menos importante, é necessário fazer um levantamento da folha de empregados da sua empresa, e verificar se será necessário realizar um acordo com o sindicato para a redução dos salários e da carga horária dos empregados durante o período de recuperação. Aqui, mais uma vez, advogados bem preparados fazem toda a diferença.

Conclusão

Com isso, você já deve ter percebido que, apesar da recuperação judicial poder ser um ótimo caminho para alívio temporário para a solução integral de seus problemas, é essencial que você esteja assessorado por profissionais de confiança e de qualidade, para que o processo seja bem aproveitado. Entre em contato conosco e agende uma consulta para melhor discutir o seu caso.

Anderson Andrade – Advogado 

Deixe uma resposta

Anderson Andrade

Anderson Andrade Advogado